A AGRICULTURA

 Uma das fontes de renda da comunidade é a agricultura. A plantação de legumes e hortaliças são predominantes na região. As irrigações das culturas são feitas mecanicamente em grande parte do ano por causa do longo período de estiagem, com isso, emprega mão de obra para a pratica. E na época da colheita, gera renda aos seus proprietários e a pessoas da comunidade que trabalham durante todo o período de safra.

 Com tudo, na chagada da estação chuvosa, os pequenos agricultores, que antes trabalhavam para maiores produtores na época da estiagem, plantam suas próprias lavouras para o consumo familiar e alimentar seus animais até a chegada da nova estação sem chuva.

Plantação de batata doce

 

Plantação de Cebolinha

Plantação de Cebolinha

Irrigação de lavoura de milho
Agricultura consorciada de Milho e Feijão

A CRIAÇÃO DE ANIMAIS 

 A criação de bovinos, ovinos, suínos e caprinos, também gera renda. A venda desses animais para o comercio do abate, gera lucro e garante renda para a comunidade. E a venda de leite é marca registrada na região, pois pecuaristas da comunidade fazem a ordenha e levam o leite até o centro da cidade de Russas para ser consumido pelo comercio da cidade. Sendo que, uma pequena parte deste laticínio fica na comunidade para também ser vendido para quem não mora perto da cidade.

Criação de Porcos

Criação de Ovelhas

Ordenha de vacas leiteiras

Criação de gado de corte