HISTÓRIA DA COMUNIDADE DE INGÁ


ORIGEM DO NOME

Segundo Zuzimar Rebouças de Matos e Francisco Gomes Sobrinho (moradores da comunidade) a origem do nome Ingá está ligada a uma árvore de grande porte chamada Ingazeira localizada às margens do rio Jaguaribe, no início do século XVIII. Nessa época também existia uma família com sobrenome Ingá, hoje sem descendentes.

HISTÓRIA DA ATUAL ESCOLA DA COMUNIDADE

                        

Com passar dos anos, devido ao aumento das famílias na comunidade, a 1ª escola que antigamente havia – Escola Isolada Rural Castro Alves – não mais supria as necessidades em relação à educação. Voltando aos acontecimentos do passado, isto é, o ensino em casas cedidas por moradores (Chicute Gomes, Pedro Bento, Chico Prudêncio), sendo que nesta época o ensino já era público e não mais particular.
No ano de 1988 foi construída a 1ª escola pública da comunidade, a Escola Municipal José Ricardo de Matos, na administração do prefeito Zilzo Leandro Evangelista, sendo fundada em 1º de agosto do mesmo ano, tendo esse nome em homenagem ao avô de uma das primeiras professoras da 1ª escola da comunidade, Maria Elita de Matos Lima, o terreno doado por seu esposo Francisco Inácio de Lima (Dom).
Os professores que lecionavam em casas citadas anteriormente passaram a lecionar na referida Escola, que era composta de três salas de aulas sendo os primeiros professores: Maria Elita de Matos, Maria do Socorro Mendonça Matos, Francisca Francinete de Oliveira (neta do Chicute), Lúcia Maria Oliveira, Ângela Maria de Santiago Oliveira e Maria das Graças de Lima. Ressaltando que essas salas de aulas não supriam as necessidades físicas, pois não acomodavam todos os alunos, tendo que haver um horário intermediário (10h às 14h). Para amenizar o problema, foi construído na administração de Francisco de Assis Bezerra Nunes, a maior sala do colégio, onde acontecem todos os eventos da Escola. Já na administração do prefeito Agaci Fernandes da Silva, foi feito o muro em volta do colégio.
Em 1997, na administração do prefeito Raimundo Weber de Araújo mais duas salas foram construídas, mas mesmo assim não foi suficiente para acomodar a clientela, tendo que manter o horário intermediário. Passados alguns anos o número de alunos aumentou consideravelmente. Então em 2002, na administração do prefeito Weber foi feita reforma e ampliação de mais três salas da escola, tornando assim possível extinguir o horário intermediário que tanto os pais almejavam.

CRECHE

No ano de 1990 foi implantada na comunidade a creche Criança Esperança, isso ocorreu na gestão municipal de Francisco de Assis Bezerra Nunes, tendo como primeira monitora Francisca Zuleide de Oliveira, na época atendiam 25 crianças, tendo como merendeira Verônica Honorato de Oliveira e funcionava na antiga escola da comunidade e ali funcionou durante 13 anos e meio. Passando a funcionar no ano de 2003, na antiga fábrica de rede. Hoje com sede própria construída na gestão pública municipal de Raimundo Weber de Araújo, na época, prefeito da cidade de Russas, inaugurada em 30/04/2004, tendo matricula inicial 25 crianças, hoje frequentam 21 crianças tendo como monitora Sebastiana da Silva Maia e como merendeira Maria Luzirene de Oliveira.

PROJETOS BENEFICENTES PETI (CIRCO-ESCOLA) CFC (PADARIA ESCOLA)

Devido ao grande número de cerâmicas existentes na comunidade e a necessidade de ajudar os pais, a maioria das crianças e os adolescentes aderiram ao trabalho na cerâmica deixando de estar na escola e almejar um futuro melhor. Para resolver esse problema chegou até a nossa comunidade um projeto chamado PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) em que são atendidas crianças e adolescentes. Esse projeto tem como objetivo erradicar o trabalho infantil, proporcionando uma vida melhor. Antes funcionava num prédio da comunidade, antiga fábrica de rede, hoje sede da Associação Comunitária de Ingá.
A partir do dia 30/11/2002 passou a funcionar em sede própria construída através da parceria da Prefeitura Municipal, Fundação BankBoston e Conselho Municipal em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, através do projeto CFC (Construindo o Futuro e a Cidadania), Circo-escola e Padaria Escola. Isso aconteceu no Governo Municipal de Raimundo Weber de Araújo, tendo como secretária de Desenvolvimento Social e Econômico a Sra. Ângela Maria Gurgel Nogueira e Secretário de Infra-Estrutura o Sr. Gilberto Carneiro.
A Padaria Escola foi inaugurada no dia 07/08/2004, contando com a presença do Gerente do BankBoston, Sr. Pedro Sérgio M. De Almeida, hoje esta se encontra desativada.

ORIGEM DO POSTO DE SAÚDE- FRANCISCO DE ASSIS DA MATA

Posto de Saúde – Francisco de Assis da Mata, nome dado em homenagem ao doador do terreno. Construído na gestão pública do prefeito Raimundo Weber de Araújo e inaugurado no dia 03/08/1999.
Desde o ano de 1995 foi implantado na comunidade o PSF (Programa Saúde da Família), que antes funcionava em casa alugadas na própria comunidade.
O programa dá assistência às famílias de 06 (seis) comunidades, sendo:
• Ingá;
• Malhadinha I e II;
• Boa Vista;
• Timbaúba dos Simplícios;
• Búia e
• Serra do Vieira.

COMO SURGIU O CEMITÉRIO

No ano de1938 houve uma grande epidemia de malária onde famílias inteiras morreram. Como era grande o número de mortos e não tinham pessoas que conseguissem prestar serviços de enterrá-las, então, abriram-se grandes valados e lá depositavam seus mortos.
Na época o Sr. Antônio Pacheco, passando por grandes dificuldades, fez uma promessa às almas enterradas naquele local, sendo que se alcançasse as graças que tanto necessitava, colocaria uma grande cruz em homenagem às almas. Alcançada a graça, ele cumpriu o prometido.
O local foi abençoado por Dom José Teixeira III, e todos os meses era celebrada uma missa na intenção das almas. Hoje apenas no mês de novembro é rezado o terço e o ofício das almas pela comunidade.
No início tinha apenas o cruzeiro, foi quando o Sr. Zeca Ferreira resolveu com alguns amigos fazer um pedestal e murar o cruzeiro, para isso foram feitos leilões para arrecadar dinheiro para a construção da muralha. Por ser um local bastante pequeno recebe apenas corpos de crianças.
Antigamente o terreno pertencia ao Sr. Antônio Mendonça, hoje pertence ao Sr. João de Alípio que já se propôs a doar parte do terreno para ampliação do cemitério, já foi realizado até um sorteio para a realização da obra.

ORIGEM DA IGREJA DE SANTO INÁCIO DE LOYOLA

A partir de 1991, com a chegada do Padre Jesuíta, José Rivando Moreira, deu-se continuidade ao trabalho religioso iniciado pelo Padre Felipe, pois o mesmo vendo que havia grande participação das comunidades reunidas (Ingá – Malhadinha) achou que já era tempo de construir o Templo de Oração. No dia 19 de abril de 1993, foi realizada a primeira reunião para a organização da construção da capela, tendo como primeiros coordenadores as seguintes pessoas: Raimundo Maia de Oliveira (Raimundo Quincó) e Vanda Honorato de Oliveira; como tesoureiros: Gerardo Monteiro Maia (Gerardo Quincó) e Francisca Neta de Matos; secretárias: Maria Honorato de Oliveira (Verena) e Maria do Socorro Mendonça de Matos, ficando outras pessoas encarregadas em ajudá-las, sendo: Gomes, Zé Jerônimo, Antônio Soares da Silva (Pavão), Raimundo Prudêncio (Cuia), Antônio da Bia, Ivanildo Inácio, Francinete de Lima e Maria das Graças (Gracinha do Chico Prudêncio).
O terreno da referida capela fica ao lado da escola e foi doado pelo Sr. Francisco Inácio de Lima (Dom). E, a partir daí foram feitas varias promoções para arrecadar dinheiro para a construção da capela como por exemplos: leilões com rainhas, serestas com bingo, sorteios, forrós, danceteria… E em alguns meses houve uma reunião para a escolha do nome do padroeiro da comunidade com a presença do Padre Moreira (Vigário), em que o mesmo apresentou junto com a comunidade o nome de vários santos que foi para a votação, como por exemplos, temos os mais votados que foram: Nossa Senhora da Conceição (15 votos); Nossa Senhora do Desterro (16 votos); São Raimundo (17 votos) e Santo Inácio de Loyola (19 votos), o atual padroeiro da comunidade, devido o grande número de pessoas da Família de Inácio, já que os outros nomes de santos em votação de padroeiros eram de outras comunidades da Paróquia. O dia dedicado a Santo Inácio de Loyola é dia 31 de julho (dia da sua morte) e desde o ano de 1995 vem sendo comemorado todos os anos com novenas sobre a vida do santo, festas, leilões e bingos.

ORIGEM DA IGREJA EVANGÉLICA – ASSEMBLEIA DE DEUS

A Igreja foi construída em1998 e foi inaugurada em 28 de agosto de 1999. Foi construída pelos Diáconos Hermínio e Zito Pinheiro, que foram os primeiros dirigentes dessa Congregação.
Em 2002, passaram a dirigir essa Igreja, Zito e Zequinha. Em 2003, foi dirigida pelos Diáconos Zito e Elias Moreira. Em 2004, assumiram a direção, no lugar de Zito e Elias, o Diácono Francisco Elicildo de Oliveira e José Juracir Cordeiro de Lima.
As dificuldades foram muitas na construção dessa Igreja, pois não contávamos com recursos financeiros e o número de membros era pouco, não tínhamos onde nos reunirmos para fazermos nossas orações. Passamos a reunirmos na casa de Maria Deodato de Oliveira.
Até que um dia a irmã Karina, em visita a nossa reunião e conhecendo nossa história se sensibilizou e nos concedeu uma boa quantia em dinheiro para a construção de um templo dando assim o primeiro passo para esta construção tão importante para a congregação.
O terreno cuja obra foi construída foi doado pelo Sr. Vicente Rebouças de Lima. Hoje a Igreja conta com muitos fiéis, estando bem equipada com salas para o estudo da Palavra de Deus para as crianças, jovens e adultos.

HISTÓRICO DA ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA ZILZO LEANDRO EVANGELISTA

Aos dois dias do mês de outubro de 1989, às 19 horas, no lugar Ingá, distrito do município de Russas, Estado do Ceará, realizou-se uma reunião, na qual compareceram 47 pessoas, com objetivo de organizar uma associação comunitária. Para isso, foram dadas várias palestras sobre o tema. Depois de várias discussões sobre o assunto escolhe-se o nome da associação pelos próprios presentes, ficando assim denominada Associação Comunitária Zilzo Leandro Evangelista. Logo em seguida, apresentaram-se os candidatos a primeira Diretoria da Associação, sendo feita a votação por aclamação. Votaram todas as pessoas presentes. A diretoria ficou assim constituída: PRESIDENTE: Maria do Socorro Mendonça Matos; VICE-PRESIDENTE: Maria Elita de Matos Lima; 1ª SECRETÁRIA: Francisca Neta de Matos; 2ª SECRETÁRIA: Francisca Francinete de Lima; 1º TESOUREIRO: Francisco de Assis Santiago Sobrinho e 2º TESOUREIRO: Gerardo Monteiro Maia.
Registrada sob o nº 60 (sessenta), às fls.100 v., do livro A nº 1, de Registro Civil das Pessoas Jurídicas, o EXTRATO DO ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA ZILZO LEANDRO EVANGELISTA, publicado no diário oficial do Estado do Ceará (Parte 1), nº 15.350, Russas, 24 de agosto de 1990, a Oficiala do Registro.
Extrato do Estatuto da Associação Comunitária Zilzo Leandro Evangelista. A Associação Comunitária Zilzo Leandro Evangelista é uma entidade de ação social, sem fins lucrativos, fundada em 02 de outubro de 1989, é de duração ilimitada, com sede e fórum em Russas, tendo por finalidade estimular o desenvolvimento social, cultural e econômico da comunidade, visando criar melhoria de vida, ao que diz respeito a: saúde, educação, esporte e habitação. A Associação compõe-se de: um presidente e um vice, dois secretários e dois tesoureiros. Será representada em juízo e fora dele pelo presidente. A diretoria não responde por ações contraídas por nenhum de seus sócios. Em caso de dissolução os bens da Associação serão doados a entidade de cunha congênere.

Benefícios adquiridos pela Associação Comunitária Zilzo Leandro Evangelista no período de 1989 á 2012

• Construção do prédio comunitário (antiga fábrica de rede). Hoje sede da Associação Comunitária Zilzo Leandro Evangelista. Benefício este recebido da presidência administrativa do Governo Estadual a SIC-CE.
• Compra de filtros para distribuir com as famílias carentes da comunidade.
• Construção da quadra comunitária. Benefício recebido por intermédio do Deputado João Bosco Paz Rebouças, junto à Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, que cedeu uma importância e junto à comunidade e ao Governo Municipal na época Francisco de Assis Bezerra Nunes, sendo então, construída a quadra de esportes de Ingá.
• Curdo de rede oferecido pela CEBRAIZ. Junto ao Governo Municipal Francisco de Assis Bezerra Nunes.
• Reconstrução do prédio comunitário (antiga escola da comunidade).
• Construção de unidades sanitárias, destinadas às famílias carentes. Convênio da Fundação Ação Social.
• Ajudou na construção da Igreja da comunidade no ano de 1994.
• Curso de Farmácia Viva.
• Projeto de 50 casas populares para as famílias carentes, que moravam em casa de taipa.
• Projeto Construindo o Futuro e a Cidadania – CFC.
• Projeto de abastecimento d’água da comunidade. Benefício – Projeto São José, do Governo do Estado do Ceará com parceria do Governo Municipal Raimundo Weber de Araújo. Este projeto abastece mais de 270 famílias da comunidade de Ingá.
• PRONAF – Programa de Desenvolvimento Sócio-econômico do Alvorado, beneficiando as mães do PETI e CFC.
• Desenvolvimento do Programa Telecentros-Br.

Pessoas que já estiveram à frente da Associação Comunitária Zilzo Leandro Evangelista no período de 1989 a 2012:

• 1º – Maria do Socorro Mendonça Matos – 1989 a 1990.
• 2º – Francisca Francinete Lima – 1990 a 1994.
• 3º – Francisca Neta de Matos – 1994 a 1996.
• 4º – Ivanildo Inácio de Lima – 1996 a 2004.
• 5º – Alcivane da Silva Costa – 2005 a 2008.
• 6º – Francisco Valdir da Silva – 2009 a 2010.
• 7º – Alcivane da Silva Costa – atual presidente.

Pesquisa e Redação: Vera Honorato de Oliveira
Zivalda da Silva Maia Paz