CULTURA

As principais manifestações sociais antigamente eram os cerões e as debulhas de milho e feijão.

  • Cerões – em noite de lua cheia as famílias realizavam em suas casas encontros de pessoas para confecção de trança para fazerem chapéu, bolsa de palha, esteiras e surrões.
  • Debulhas de milho – eram encontros que as pessoas faziam para debulharem milho e feijão, realizados nas casas dos pequenos agricultores. No final da debulha havia um sanfoneiro do lugar (Pedro Inácio) que animava a todos os presentes com um forró pé de serra.
  • Atualmente as manifestações culturais apresentam-se mais fortemente na religião católica durante todo o ano: encontros da Campanha da Fraternidade, celebração da Semana Santa (Via Sacra), Páscoa; festividades no mês de maio (considerado mês mariano) festa das mães; no mês de junho em homenagem ao Sagrado Coração de Jesus. Os santos juninos (Santo Antônio, São Pedro e especialmente São João) com brincadeiras de quadrilha, arrasta pé, pau de sebo, comidas típicas (pamonha, canjica, bolo de milho e de batata, pé de moleque…);julho com a festa do padroeiro (Santo Inácio de Loyola); agosto festa dos pais e catequistas, setembro mês da Bíblia Sagrada; outubro dia das crianças…; novembro em especial no dia de finados reza do terço no cemitério local; dezembro novenas em preparação para o Natal, confraternizações do Natal e Ano Novo.

Cerão

CAPELA